• qua. fev 21st, 2024

De trilhas com pinturas rupestres a queijos especiais, Ruraltur mostra MS além do turismo convencional

Serão mais de 250 expositores do Brasil, no evento que acontece entre os dias 12 e 14 de dezembro, na Feira Central

PorDa Redação

7 dez 2023
Feira mostra o melhor do Turismo em MS. Foto: Assessoria
Feira mostra o melhor do Turismo em MS. Foto: Assessoria

Com mais de 250 expositores, a 19ª edição da Ruraltur chega a Campo Grande pela primeira vez entre os dias 12 e 14 de dezembro, na Feira Central, com o tema: “Isto é Mato Grosso do Sul”. Os visitantes poderão conferir, em um espaço criado pelo Sebrae, tudo o que o estado tem a oferecer em turismo rural. O evento é gratuito e para participar é necessário fazer inscrição no site pelo link: https://ruraltur.ms.sebrae.com.br/

Para a diretora-técnica do Sebrae/MS, Sandra Amarilha, a 19ª edição da Ruraltur, que no ano passado aconteceu no município de Bananeiras, na Paraíba, consolida-se como uma vitrine para todo o Brasil. “Estamos organizando os roteiros turísticos para que se tornem competitivos no mercado nacional. Essa feira vem para consolidar este trabalho. O evento é uma oportunidade imperdível para vivenciar os roteiros e conhecer a produção do turismo rural”, destaca a diretora-técnica.

Por isso que, lá em 2003, quando o empresário Beto Roque decidiu abrir as porteiras da Fazenda Igrejinha Ecoturismo para visitação, no município de Rio Verde do Mato Grosso, contar com o apoio dos consultores do Sebrae/MS fez com que o olhar se direcionasse ao profissionalismo do empreendimento. “Juntamente com a Prefeitura de Rio Verde de Mato Grosso, o Sebrae nos auxiliou com essa parceria, que perdura até hoje. Por isso, eu afirmo que, às vezes, o consultor nos traz um novo olhar que não enxergamos, o que estamos errando ou o que podemos errar”, explica o empresário.

O anfitrião recebe os visitantes para lazer e aventura no local. As acomodações são em chalés ou camping e, no local, há trilhas que cruzam o cerrado, pareando formações rochosas com pinturas rupestres, e uma vista exuberante para a planície do Pantanal. “Para nós, participar da feira será uma oportunidade única. Posicionar o turismo rural do MS, mostrar para as pessoas do estado e de fora, criar um relacionamento com clientes, com operadoras de fora. Isso tudo será um divisor de águas para o nosso turismo”, ressalta o empresário.

A expectativa é atrair quatro mil pessoas para o evento, desde empresários a produtores rurais de atividades econômicas vinculadas ao turismo rural, como é o caso da empresária Jéssica Maciel, que faz do Paraíso das Cachoeiras um recanto para descanso e vivências. Uma das propostas oferecidas pela empresária foi a Oficina de Bioconstrução e trilha com banho de cachoeira. O intuito foi de oferecer aos visitantes inscritos uma forma de repensar hábitos e maneiras de vida e propor uma possibilidade viável de construir com menos impacto ambiental. “O nosso trabalho com a agrofloresta passou a ganhar visibilidade. A feira será um atrativo, pois vamos ter pessoas do Brasil inteiro, e poderemos mostrar um pouco do que fazemos em Rio Verde, na região norte do estado, pois, isso alinha muito do nosso interesse em captar negócio para fazer com que a região se desenvolva como um todo”, esclarece a empresária.

Além do Mato Grosso do Sul, 10 empreendedores de cada sete Unidades Federais, estarão no local, são eles: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Paraíba, Rio Grande do Norte e Santa Catarina. A proprietária do Coqueiral Queijaria, Juliana Paiva Moraes, sairá de Corumbá de Goiás, no estado de Goiás, para expor três tipos de queijos, pela primeira em uma Ruraltur. “Todo meu percurso se deu com o Sebrae com cursos, capacitações e eventos e feiras. Além dos produtos na propriedade rural, somos abertos à visitação e oferecemos um café colonial”, ressalta a empreendedora.

Já em uma outra fazenda também no Centro-Oeste do país, na cidade de Cocalzinho de Goiás, a 97km de Brasília, é possível tomar um café com quitutes elaborados na fazenda Calliandra Gastronomia. Depois os visitantes podem caminhar pelos parreirais e almoçar junto à natureza. Atendida pelo Sebrae desde 2015, a proprietária Adriana Carvalho Rodrigues, ressalta que foram por meio de missões técnicas e cursos realizados pelo Sebrae, que ganhou preparação para o mundo empreendedor.

Pela segunda vez em uma edição da Ruraltur, ela comenta que o atendimento do Sebrae foi um “empurrão” que faltava para os sonhos e projetos saírem do papel. “Estamos com a melhor expectativa possível para uma feira, onde poderemos expor nossos produtos, conhecer novos produtos, trocar experiências, aprender e nos atualizarmos com as palestras. Nosso intuito é analisar para melhorar as estruturas e propostas de Turismo Rural do nosso estado, que tem grande potencial para o Turismo Rural. Estou torcendo para que esse encontro nos proporcione muitas ideias, negócios e parcerias”, finaliza a empresária.

Sobre a Ruraltur

O evento é uma iniciativa do Sebrae/MS, com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidade (Setesc). Além de pacotes especiais com experiências únicas para quem quer vivenciar os destinos do estado, o evento também terá rodada de negócios e palestras para conectar os atrativos regionais aos grandes players do mercado, possibilitando troca de experiências.

Em um país com uma rica diversidade cultural e natural, a Ruraltur vem para mostrar o turismo rural autêntico e contribuir para o desenvolvimento de novos produtos e experiências. Para ver de perto o que Mato Grosso do Sul tem a oferecer, os participantes poderão se inscrever para participar de vivências de turismo rural ofertadas em destinos de Campo Grande e região. As experiências serão pagas pelos interessados. Para mais informações e inscrições na 19ª edição da Ruraltur, os interessados devem acessar: ruraltur.ms.sebrae.com.br.

Texto: Camila Mortaria/Assessoria Sebrae-MS