• qua. fev 21st, 2024

Em julho, Brasil supera total de turistas de todo o ano de 2022

Em sete meses, o país recebeu mais de 3,65 milhões de viajantes internacionais

PorDa Redação

30 ago 2023

Até julho deste ano, o Brasil recebeu mais de 3,65 milhões de turistas internacionais. O número é maior do que o registrado durante todo o ano de 2022, quando 3,63 milhões de estrangeiros entraram no país. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (29.08) pelo Ministério do Turismo, Embratur e Polícia Federal. Somente no mês de julho, os destinos turísticos nacionais receberam 375.648 visitantes de fora do Brasil.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, comemorou os números e destacou as ações de todo o governo federal para impulsionar o turismo no Brasil. “Estamos trabalhando incansavelmente para atrair cada vez mais turistas estrangeiros para o nosso país. Temos uma diversidade cultural, natural e gastronômica incomparável, além de um povo acolhedor e hospitaleiro. Estamos preparando ações que visam a melhoria da infraestrutura, segurança, qualificação, promoção e desburocratização para ampliar o turismo internacional em nosso país e, consequentemente, gerar emprego e renda para a nossa população”, afirmou.

Entre os principais emissores de turistas internacionais para o Brasil se destacam a Argentina (1.381.991), os Estados Unidos (382.843), Paraguai (264.564), Chile (260.027) e Uruguai (223.788). Os estados mais procurados pelos visitantes estrangeiros são: São Paulo (1.201.546), Rio Grande do Sul (826.079), Rio de Janeiro (692.799), Paraná (459.743) e Santa Catarina (212.577).

“São resultados que já refletem o nosso trabalho, seja na ampliação de voos com o destino ao Brasil, são 40% de rotas a mais que no ano passado, como na promoção dos destinos de nosso país nos países que mais mandam turistas para o Brasil. Neste segundo semestre, estamos intensificando nossas ações, com campanhas publicitárias nos EUA, Europa e América Latina, participação em feiras e realização de eventos, e a perspectiva é de acelerar ainda mais a retomada”, disse Marcelo Freixo, presidente da Embratur.

GASTO DE ESTRANGEIROS – De janeiro a julho, o gasto de turistas internacionais no Brasil ultrapassou a marca de US$ 3.796 bilhões, aproximadamente R$ 18,6 bilhões, de acordo com dados do Banco Central (Bacen), divulgados nesta sexta-feira (25.08). O valor é o segundo melhor resultado da série histórica, perdendo apenas para o ano de 2014, quando foi realizada a Copa do Mundo no país. Além disso, o gasto acumulado é 3,32% maior do que o montante registrado em 2019, ano pré-pandemia.

Somente em julho, os viajantes vindos de vários cantos do mundo deixaram US$ 567 milhões, o equivalente a mais de R$ 2,77 bilhões. Foi o terceiro melhor resultado do mês na série histórica do Bacen, ficando atrás apenas de julho de 2014 e julho de 2019. Em relação a 2022, o resultado de 2023 foi 45,7% maior do que o mesmo período do ano anterior.

NACIONAL – Impulsionado pelas férias escolares, o mês de julho movimentou mais de 8,4 milhões de passageiros pelos aeroportos do país. Foi o que contabilizou o Relatório de Demanda e Oferta da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O número é 10,2% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado e está apenas 1,3% abaixo do registrado em 2019, ano de pré-pandemia. Entre os voos mais movimentados, a ponte-aérea Rio-São Paulo lidera, seguido por São Paulo-Porto Alegre e São Paulo-Brasília.