• qua. fev 28th, 2024

Guia faz registro inédito de peixe em passeio de flutuação

PorAnna Gomes

6 maio 2021
Foto: Rogério Alves

O guia de turismo Rogério Alves registrou no Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) no dia 19 de abril, imagens de uma espécie nunca observada anteriormente.

O registro inédito, um bagre (Amaralia oviraptor), entrará na lista de Espécies de Peixes do atrativo que, atualmente, contabiliza 64 espécies.

O bagre (Amaralia oviraptor) trata-se de um bagrinho da Família Aspredinidae (popularmente chamados de bagre-banjo, em alusão ao formato do corpo).

Segundo o biólogo e pesquisador José Sabino, a família Aspredinidae, ordem Siluriformes, é composta por um grupo de peixes neotropicais, popularmente conhecidos como bagres banjo ou rabeca. Possui distribuição restrita à América do Sul. “A etimologia do gênero (Amaralia) é uma referência ao naturalista Dr. Afranio de Amaral (importante herpetólogo e diretor do Instituto Butantan)”, acrescenta.

Uma das maiores curiosidades é que a dieta é baseada em ovos e larvas de outros peixes, principalmente de cascudos.