• qua. fev 28th, 2024

Turismo de MS volta aos poucos com o avanço da vacina

PorAnna Gomes

16 abr 2021

Durante uma entrevista no programa Noticidade desta quinta-feira (15), o Diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Bruno Wendlin comentou sobre a dificuldade que o turismo tem enfrentado durante a pandemia, mas também adiantou que dias melhores estão chegando com o avanço da vacina no Estado.

Mato Grosso do Sul é conhecido por diversos destinos turísticos, entre eles, a cidade de Bonito e toda região, como Jardim, Bodoquena, Miranda e o Pantanal Sul. Na entrevista, Bruno destacou que o setor foi um dos mais impactados durante a pandemia.

“A única maneira do turismo voltar ao normal é com o avanço da vacinação em nosso Estado. Os passeios estão abertos nas cidades turísticas, como Bonito. Os lugares estão liberados, mas seguido todas as medidas de biossegurança, com uso de máscara e mantendo o distanciamento”, afirmou.

Conforme o diretor-presidente da Fundação de Turismo, as redes hoteleiras estão prestando um serviço seguro durante os passeios. Todos os comércios locais também estão cumprindo rígidas regras de higiene.

Cumprindo rígidas regras de higiene, todos os atrativos de Bonito e região estão com as portas abertas para os visitantes. A Capital do Ecoturismo é exemplo nacional e até mundial quando o assunto é turismo seguro, sendo um dos principais destinos escolhidos pelos turistas graças aos 7 protocolos de biossegurança que foram implantados na cidade para evitar a disseminação da covid-19.

Premiado diversas vezes como o melhor destino de ecoturismo do Brasil, Bonito é considerado também uma atração internacional segura. O município recebeu o selo internacional de turismo seguro “Safe Travels”, criado pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC – World Travel & Tourism Council).

O selo foi entregue após o município ter implementado as medidas de biossegurança preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A adoção das normas em saúde e segurança foi fruto dos empresários da cidade que tiveram o apoio do Sistema S.

VACINAÇÃO NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

Desde o começo da imunização no Brasil, Mato Grosso do Sul sempre ocupou as primeiras colocações nos índices de vacinação entre os estados. No final de janeiro foi a primeira vez que liderou o ranking. A distribuição das vacinas aos 79 municípios em menos de 24 horas e o trabalho conjunto do governo do Estado com as prefeituras, também acelerou a aplicação do imunizante na população.

Depois de permanecer nas primeiras colocações nos últimos meses, no final de março voltou a liderar o ranking nacional, permanecendo como o Estado com maior percentual de vacinação há três semanas seguidas.

No final de março o governador Reinaldo Azambuja fez questão de convocar os prefeitos a promover um “mutirão de vacinação” nos municípios, pedindo que fossem usados os imunizantes que estavam reservados para segunda dose, seguindo assim a orientação do Ministério da Saúde. “Vacina tem que ser no braço e não na geladeira”.

Com este empenho coletivo, o Estado conseguiu “colher os frutos” e fazer a imunização mais eficiente e ágil do País. “Nós estamos muito felizes. Isso é muito bom e importante porque sinaliza primeiro de tudo, planejamento. Significa que nós tivemos uma equipe muito eficiente”, destacou o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.