• qua. fev 28th, 2024

Bodoquena flexibiliza medidas impostas ao turismo

Balneários, hotéis e empreendimentos turísticos podem funcionar com 40% da capacidade

PorAnna Gomes

23 mar 2021
Boca da Onça, um dos atrativos de Bodoquena. Foto: Divulgação
Boca da Onça, um dos atrativos de Bodoquena.

Após conversa entre Poder Executivo, Comissão de Prevenção à covid-19 e representantes do comércio e do turismo de Bodoquena, a Prefeitura Municipal decidiu flexibilizar medidas impostas no último decreto municipal, que previa fechamento de estabelecimentos não comerciais entre os dias 22 e 28 de março.

De acordo com a Prefeitura de Bodoquena, os setores firmaram compromisso em seguir corretamente os protocolos de biossegurança já estipulados por autoridades sanitárias e também assumiram compromisso de levar informações e colaborar nas fiscalizações.

Ainda segundo o município, balneários, hotéis e empreendimentos turísticos podem funcionar com 40% da capacidade e fica proibido consumo de bebidas alcoólicas em via pública e estabelecimentos comerciais. No final de semana vale o decreto estadual que prevê fechamento do comércio não essencial as 16h.

 Além disso, estabelecimentos devem respeitar distanciamento, protocolos e uso de máscara e álcool e delivery até pode ser realizado até às 22h. As atividades religiosas estão permitidas, respeitando protocolos, porém práticas esportivas em grupo estão proibidas.

O Presidente do IDB (Instituto de Desenvolvimento de Bonito), Augusto Mariano, parabeniza todo trade turístico, os empresários e a decisão feita pelo prefeito de Bodoquena.

“O IDB vê com muita alegria o resultado da união entre os empresários do trade turístico de Bodoquena e também os empresários que não são do setor do turismo. Estamos felizes em saber que aconteceu essa conversa da classe empresarial com o prefeito Kazu Horii, o qual teve a sensibilidade em ouvir as ponderações dos empresários e de comum acordo, todos conseguiram chegar a uma solução que veio beneficiar os envolvidos. Ninguém é contra salvar vidas, todas as medidas são bem-vindas, entretanto, também devemos pensar na economia do município. Parabéns aos empresários e ao prefeito que tiveram uma atitude madura e uma visão futurista para chegar a um acordo que todos se beneficiaram”, disse o presidente do Instituto.