• qua. fev 21st, 2024

Gruta do Lago Azul será reaberta

No próximo dia 18 de março, local já pode receber turistas

PorDa Redação

9 mar 2021
Gruta do Lago Azul é um dos principais atrativos de Bonito-MS. Foto: Imasul
Gruta do Lago Azul é um dos principais atrativos de Bonito-MS. Foto: Imasul

No próximo dia 18 de março, a Gruta do Lago Azul, um dos destinos mais conhecidos de Bonito-MS, será reaberta para visitação turística. Na semana passada, a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio enviou ofício para as agências de turismo sobre a programação estabelecida visando a retomada das atividades.

Também foi informado sobre as novas regras de comercialização do atrativo que estão em vigor, bem como o novo tarifário de alta e baixa temporada, válido até 15 de dezembro de 2021. A secretária de turismo de Bonito-MS, Juliane Ferreira Salvadori, destacou que esse é o resultado de um trabalho de 2 meses, desenvolvido entre diversas instituições.

 “É resultado de muito trabalho em parceria com diversas instituições. Nossa gestão, em dois meses, entrega mais um resultado para todo o trade turístico que é a reabertura da visitação turística na Gruta do Lago Azul”, disse a chefe da pasta.

As atividades começam muito antes da reabertura. No dia 12, tem início o sistema de reservas. No dia 14, os profissionais da Saúde de Bonito-MS irão participar do passeio, como forma de agradecimento pelo trabalho durante a pandemia do coronavírus (Covid-19). No dia 15 tem cerimônia de reabertura de visitação, no dia 16 tem um Famtour para agentes de viagem, no dia 17 tem a visitação da imprensa e no dia 18 a reabertura oficial.

Gruta

Gruta do Lago Azul é um dos principais destinos de Bonito. Foto: Divulgação
Gruta do Lago Azul, em Bonito-MS. Foto: Divulgação

Um dos cartões postais de Bonito-MS, a Gruta do Lago Azul integra o circuito de turismo ecológico do município. Ela é constituída por um salão principal com piso inclinado e um lago subterrâneo ao fundo com mais de 50 metros de extensão. 

Sua entrada circular de aproximadamente 40 metros de diâmetro permite a entrada dos raios solares até o lago. Com a incidência de luz, entre os meses de setembro a fevereiro, as águas atingem uma coloração azul intensa, motivo do nome da gruta.

No lago subterrâneo da Gruta do Lago Azul foram encontradas ossadas fósseis de mamíferos já extintos, que habitaram a região há mais de 12 mil anos, no período Pleistoceno, representada por animais de grande porte, como preguiças gigantes, tatus e o tigre dente-de-sabre.

O monumento natural foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1978. O passeio consiste em uma caminhada interpretativa de cerca de 300 metros, seguido de uma escadaria dentro da gruta até chegar ao lago. Os turistas não podem entrar no lago, como medida de não colocar em risco as belezas naturais ali encontradas.