• qua. fev 28th, 2024

Heroínas da vida real mostram que chegaram para ficar no empreendedorismo de Bonito e região

Mulheres são exemplo na luta pelo desenvolvimento do turismo em MS

PorAnna Gomes

8 mar 2021
Elizabeth Coelho é proprietária da Fazenda San Franscisco.

A cada ano que passa, as mulheres conquistam novos papéis na sociedade e caminham rumo ao protagonismo em diversos mercados de atuação. No turismo não é diferente. Hoje, o Brasil é o sétimo país com o maior número de mulheres empreendedoras. O dado é de um levantamento da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizado com 49 nações. Ao todo, são mais de 24 milhões de brasileiras tocando negócios próprios e movimentando a economia.

A atividade turística é uma das mais importantes no setor econômico e da geração de emprego e renda, assim como na criação de novos negócios e no aumento da produção de bens e serviços, uma vez que traz com ela desenvolvimento às localidades e possíveis melhorias na infraestrutura, com benefícios aos turistas e à comunidade local.

Diversos fatores têm contribuído para o aumento do número de mulheres empreendedoras: protagonismo, autoconfiança, independência, necessidade de complementar a renda, autoconhecimento das suas potencialidades, busca por realização, realização de um sonho, inspiração em histórias de empreendedorismo feminino, entre outros.

Ainda existe muito preconceito a ser enfrentado por mulheres empreendedoras no mundo dos negócios, principalmente naqueles segmentos historicamente dominados por homens, como o setor do turismo, mas elas estão determinadas a enfrentar todo tipo de obstáculo.

Heroínas da vida real, em Bonito e região temos vários exemplos de grandes mulheres empreendedoras. Basta trocar poucas palavras com elas para percebemos que todas possuem algumas características específicas como: força, coragem, determinação, foco, resiliência, sensibilidade, persuasão, empatia, liderança, atenção aos detalhes e sentidos aguçados.

Clair Garzella dos Santos, proprietária do Balneário do Sol é um dos exemplos que mulheres não estão no mundo para brincadeira. Determinada, ‘Dona Clair’, como é conhecida está a frente do atrativo há mais de duas décadas. No trabalho, a empresária sempre busca manter um ambiente familiar e democrático.

Clair também incansavelmente busca novidades para melhorar seu negócio. Além das belezas naturais que o atrativo possui, ele também oferece uma ampla estrutura para seus turistas se sentirem em casa. ‘Dona Clair’ é a prova viva que competência, simpatia e humildade podem caminhar juntas.

Nem só de cachoeiras, rios e águas cristalinas Bonito é feito. Alguns restaurantes caíram tanto no gosto dos visitantes que literalmente acabaram virando um ‘ponto turístico’ da cidade. Um exemplo de força, alegria e determinação é Juanita Battilani.

Proprietária do restaurante que leva seu nome, com Juanita não existe tempo ruim. Animada com todos, a empresária tem uma história de vida que resultaria em um ótimo livro, quem sabe com o título: ‘O tempero mais usado é o amor’.

Com muito amor e alegria, Juanita começou como cozinheira de hotéis e aos poucos foi buscando outras alternativas de sobrevivência. Primeiro montou uma marmitaria, mas o negócio se expandiu e hoje, ela é uma grande empresária de um dos restaurantes mais visitados pelos turistas.

“Graças aos planos de Deus, nosso planejamento vem se cumprindo. Vencendo as batalhas diárias de todo empreendedor brasileiro, seguimos sempre plantando amor e semeando sabores na nossa cozinha, mantendo como base o sabor de casa de vó e servindo o que mais gostaríamos de estar comendo. Mulheres, arme-se de determinação, alegria e resiliência e vá à luta. Jamais perca a esperança mesmo quando tudo parecer desmoronar. Mesmo quando parecer que não tem saída vista-se de esperança e corra atrás, invente algo, pois é nas voltas que o mundo dá que pegamos impulso para alcançar nossos objetivos”, disse Juanita.

Já na região do Pantanal Sul, a proprietária da Fazenda San Francisco, Elizabeth Prudêncio Coelho também é sinônimo de perseverança. Ao lado da filha, a empresária mostra a força da mulher em terras pantaneiras.

A fazenda San Francisco consegue unir o real funcionamento de uma fazenda que caminha junto com a preocupação da conservação do meio ambiente. Além da beleza exuberante do Pantanal Sul, o visitante consegue também vivenciar todo trabalho realizado diariamente em uma fazenda com gados, búfalos e peões pantaneiros.

Voltando ao ramo de alimentação e que ajuda a fomentar o turismo da cidade destacamos Célia Maia e Bruna Maia (mãe e filha), que com muita força, garra e fé, decidiram trocar seus empregos da Capital e se jogaram de cabeça no ramo de empreendedorismo de Bonito. Juntas, abriram uma franquia da Subway, o único fast food da cidade. Praticidade, bom atendimento, conforto e preço justo, são algumas características da franquia localizada na principal rua da Capital do Ecoturismo.

“Nós éramos moradoras de Campo Grande, trabalhávamos em empresas que fecharam as portas e demitiram todos os seus funcionários. Uma vez conversando com um dos meus chefes, começamos a comentar sobre a franquia e fiquei muito curiosa. Cheguei em casa e conversei com a minha mãe, logo em seguida passamos a pesquisar o assunto”, lembrou Bruna.

Célia também destacou os momentos difíceis que ela e a filha passaram para conseguirem concretizar o sonho. “Começamos a pesquisar e em Bonito as coisas boas foram acontecendo naturalmente nas nossas vidas. Tivemos que enfrentar vários obstáculos, mas com muita garra e fé, todos foram vencidos. Não acredito que seja coisa do destino, acho que Deus nos abriu os caminhos, desde a ideia de abrir a franquia, até quando conseguimos alcançar nossos objetivos”, finalizou Célia.