• qua. fev 28th, 2024

Estrada Parque é destino de trilhas, pescaria e observação de pássaros

Local vai receber investimentos para se tornar uma das principais referências turísiticas do MS

PorDa Redação

5 mar 2021
Estrada Parque Piraputanga fica na região de Aquidauana. Foto: Governo do MS
Estrada Parque Piraputanga fica na região de Aquidauana. Foto: Governo do MS

Rota de acesso ao Pantanal, a Estrada Parque Piraputanga, trecho de 42,5 quilômetros entre os municípios de Aquidauana-MS e Dois Irmãos do Buriti-MS, ao lado do rio Aquidauana, é berço de uma beleza incomparável e tem potencial para se tornar um dos principais destinos turísticos de Mato Grosso do Sul. O local é propício para passeios de bike, observação de pássaros, turismo de pesca e trilhas.

Rio Aquidauana nas imediações da Estrada Parque Piraputanga. Foto: Fundação de Turismo
Rio Aquidauana nas imediações da Estrada Parque Piraputanga. Foto: Fundação de Turismo

Situada a aproximadamente 90 quilômetros de Campo Grande, a estrada, Área de Preservação Ambiental, também é caminho para os distritos de Palmeiras, Piraputanga e Camisão. Corta parte da Serra de Maracaju, passando por vários morros, entre eles o do Chapéu e do Paxixi, que podem ser avistados de vários ângulos pelos visitantes.

Diante de tanto potencial, no início da semana o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Bruno Wendling, e o diretor de Desenvolvimento do Turismo da Fundação, Geancarlo Merighi, visitaram a Estrada Parque Piraputanga, recentemente asfaltada. Acompanhados pelo secretário de Cultura e Turismo de Aquidauana, Youssef Saliba, eles discutiram estratégias para o desenvolvimento da região.

Equipe da Fundtur faz visita técnica no distrito de Piraputanga. Foto: Fundação de Turismo
Equipe da Fundtur faz visita técnica no distrito de Piraputanga. Foto: Fundação de Turismo

O grupo visitou algumas propriedades, meios de hospedagem, restaurantes, atrativos e potenciais atrativos do distrito de Piraputanga. Para o diretor-presidente, a região possui um grande potencial turístico por sua beleza natural. “É uma belíssima região em termos de paisagem. Claro que ainda necessita de muita estrutura, especialmente de qualificação de roteiros, melhoria das estruturas e espaços. Mas é um belo destino e que tem o diferencial de estar muito próximo da capital, com acesso ao Pantanal por Aquidauana”, disse Wendling.

Ele fala ainda sobre a inserção da região nas ações de fomento da Fundtur. “Há um fluxo grande de pessoas que vão a Bonito e passam por lá, adotando a Estrada Parque de Piraputanga por sua beleza cênica e isso agrega muito à Rota Pantanal Bonito. Finalizamos a visita técnica no Morro do Paxixi que, apesar de ser um lugar maravilhoso e com uma vista esplêndida, carece de estrutura. O acesso é precário e falta segurança. Conversamos com o município para que identifiquemos as necessidades estruturais e é possível, neste momento, ser necessário limitar a visitação para que possamos viabilizar ações de melhoria na infraestrutura a fim de que o Morro seja realmente um produto de ecoturismo”, salienta.

Estrada Parque é berço de belezas naturais e recanto da vida selvagem. Foto: Fundação de Turismo
Estrada Parque é berço de belezas naturais e recanto da vida selvagem. Foto: Fundação de Turismo

Atualmente a região atende muitos sul-mato-grossenses e, segundo Wendling, tem potencial para atender o público nacional e até internacional, o que já é feito de forma pontual. Para isso é necessário o apoio da Fundtur. “Os próximos passos para podermos atender aos públicos com qualidade, serão apoios técnico e financeiro, melhoria de alguns roteiros, apoio na formatação de novos produtos e roteiros turísticos, comunicação e marketing para dar condições ao destino de acesso ao mercado e, não menos importante, fortalecimento da governança local”.